A low carb é perigosa em pacientes diabéticos que façam uso de medicamentos?

25.03.21

A low carb é perigosa em pacientes diabéticos que façam uso de medicamentos?

Notícia

Já se sabe que a estratégia alimentar de reduzir os carboidratos na dieta é de grande eficácia para melhorar inúmeros índices de saúde, inclusive para manuseio e até mesmo reversão do diagnóstico de diabetes. Mas muito especula-se sobre a interação entre a redução de carboidratos (principalmente os refinados, como farinhas e açúcar) e as medicações utilizadas no manejo da doença.

Reproduzimos aqui um trecho das Diretrizes Clínicas da Low-Carb USA, disponível na íntegra para download gratuito, em português, aqui no nosso site.

“Se os pacientes estiverem utilizando insulina ou sulfonilureias ao iniciar uma dieta com pouco carboidrato, é recomendado que as doses sejam reduzidas imediatamente para evitar episódios de hipoglicemia. As tiazolidinedionas podem ser interrompidas porque contribuem para o ganho de peso, mas é improvável que causem hipoglicemia. Os inibidores de DPP-4 e análogos de GLP-1 são seguros para uso, no entanto os inibidores de SGLT- 2 podem ser um problema porque podem exacerbar a desidratação e têm sido associados a episódios de cetoacidose diabética.

Recomenda-se que os inibidores de SGLT2 sejam interrompidos caso uma dieta muito reduzida em carboidratos for seguida. A metformina pode ser usada eficazmente em conjunto com uma dieta reduzida em carboidratos (Steelman & Westman, 2016). A metformina não apresenta os mesmos riscos de hipoglicemia que a insulina ou as sulfonilureias.

Muitos pacientes com diabetes tipo 2 que seguem uma dieta low carb podem eventualmente interromper completamente o uso da insulina. No entanto, é importante verificar o diagnóstico de diabetes tipo 2 em relação ao tipo 1 ou ao Diabetes Auto-Imune Latente do adulto (LADA) antes da interrupção completa.

Para os pacientes que utilizam insulina, quando a dose de insulina é reduzida, os níveis de peptídeo C devem ser mensurados para avaliar se o paciente ainda está produzindo insulina.”

Importante: antes de qualquer mudança radical na alimentação ou suspensão de medicações, consulte o seu médico.

Baixe o PDF com as diretrizes clínicas na íntegra.

Por

Brasil Low Carb


www.brasillowcarb.com.br

Marcar consulta Conheça

Receba nossas
novidades
e conteúdos

Preencha seus dados


    Ao assinar você automaticamente concorda com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies.